Filtrar por

Quem somos

Desde 2001 atuamos com sistemas de telecomunicações, oferecendo aos nossos clientes soluções de integração de sistemas abertos de telefonia com sistemas legados, desenvolvendo aplicações em telecomunicações para melhor atender as necessidades do meracado.

Clientes

Tribunal de Justiça de Santa Catarina iniciou em 2009 com a implementação do seu Sistema de Telefonia Voip baseado em Asterisk em substituição de centrais PABX Ericsson, Nec e Dígitro. Em 5 anos todas as 114 comarcas no estado de Santa Catarina do Poder Judiciário passaram a contar com um ou dois servidores Asterisk para serviços de telefonia. A rede formadas por estas comarcas fornece uma economia em ligações de longa distância e para telefones móveis de milhões de reais por ano. Aplicações como IntimaFone (sistema de intimação por telefone) foram desenvolvidos para atender as necessidades dos usuários. Também em 2016 inciou-se a utilização do BigBlueButton para audiências de Turmas Recursais e Criminais em Vídeo Web Conferência.

 

Justiça Federal do Rio de Janeiro implementou em suas principais unidades e em sua sede Telefonia Ip com Elastix e FreePBX interligando com outros PABX legados e com o TRF-2. Inicialmente a migração ocorreu com a implementação de servidor Elastix, migrando posteriormente para FreePBX. Foi criada Atendimento Automáticos (URA) na Sede e em duas principais unidades. Uma URA para consulta de processo da JFRJ e do TRF2 foi desenvolvida com a utilização de Text to Speech (TTS) para informar aos cidadãos o andamento de processos por voz ou fax. Também foi criado um call center para atendimento de informações.

 

Polícia Militar de Santa Catarina tem hoje 13 localidades com o sistema de telefonia Asterisk para atendimento nas suas Centrais Emergências chamadas COPOM. A AstSer iniciou, desenvolveu e deu suporte a todas as centrais Voip da PMSC migrando o sistema legado para o Asterisk de forma gradativa. Na capital o sistema de atendimento, ainda legado, conta com um gravador baseado em Asterisk e uma aplicação para gravação de denúncias anônimas. Nas demais localidades toda a Central de Emergência é puramente Asterisk com telefones IP ou Adaptadores de Telefonia Analógica (ATA). Foi desenvolvido em conjunto com a PMSC um sistema de distribuição de chamadas e relatórios para acompanhamento de chamadas.

Quem somos

Lamentamos pelo inconveniente.

Pesquise de novo o que procura